sexta-feira, 26 de agosto de 2011

As maiores vergonhas da minha vida...

Não que vocês não estejam fartos de saber do que é que o Gui é capaz...mas decidi reunir num post as maiores atrocidades da pequena criatura,os momentos mais embaraçantes,mais ultrajantes,mais vergonhosos de toda a sua existência...da série "caraças-que-tanto-jeito-me-dava-um-buraco-agora"!
Seleccionados cuidadosa e escrupulosamente num Top 3 só para vocês...
O Gui pode ser verdadeiramente amoroso,pode ser queridinho e distribuir mais de mil beijinhos por dia,mas isso não invalida o facto de ele ser incrivelmente safado...e mauzinho...e vingativo!
Nem vou referir aqui aquela vez que disse que queria ser psicopata quando fosse grande...se me envergonhou perante os meus familiares?Envergonhou sim senhora!Mas aí ele era ainda um imberbe aprendiz comparativamente à altura que fez o que vos vou contar a seguir...
Dois aninhos de aprendizagem fazem muita diferença,oh se fazem!
O Gui tinha 3 anos e embora já tenham passado 4 desde que isto se passou continuo traumatizada com a situação,basta passar numa paragem de autocarro para reviver outra vez o pesadelo e começar com suores frios...
NUMBER ONE:
Era um dia de calor abrasador em que eu tinha milhares de coisas a fazer,entre elas a de ir comprar roupa para ele.Surpreendentemente conseguimos fazer tudo em tempo record e deixamos os saldos para o fim.
Experimentou tudo...calças,camisas,t-shirts e portou-se divinalmente,saímos da loja e decidi levá-lo a lanchar.
Teimou que queria um bolo cheio de creme de uma pastelaria,disse-lhe que não,que não tinha bom aspecto e que íamos a outro lado.Gritou,esperneou e eu,para castigá-lo disse-lhe que já nem sequer iria lanchar,que iríamos apanhar o autocarro directamente para casa.
Sem eu saber tinha acabado de despoletar a raiva do meu pequeno delinquente...
Na paragem estava muita gente,na sua maioria senhoras de idade,que ficaram todas entusiasmadas com o tamanho dele:
"Ai,que bebé tão querido!"
"Queres sentar-te à minha beira,meu amor?"
Aproveitando-se da súbita atenção aquela pequena mente maquiavélica engendrou um plano de retaliação e começou a lamuriar-se,entre suspiros:
-Ai!Tenho tanta fome!
Comecei a sentir os olhares censuradores...
-Tenho fome,mãe...dá-me um bolinho,por favor!
Aqui já começaram a comentar baixinho...
-Mamãzinha,dá-me de comer que eu estou cheio de fome!
Aqui já era TODA a gente a olhar para mim,a recriminar-me...
-Ó mãe,mãe...nem que seja um pão...qualquer coisa!Tenho fome e tenho sede.
Nesta parte olhavam para mim com tanta raiva que se pensamentos matassem eu já estava morta e enterradinha.
Ainda antes da chegada do autocarro, e não se dando por satisfeito,diz D.Gui:
-Já não como há tantos,TANTOOOOS dias!!!

23 comentários:

Tânia (Mamã do Santiago) disse...

LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL

Desculpa, mas só me posso rir.

O que levo daqui ( sem contar com as gargalhadas) é que NUNCA, mas NUNCA julgues uma mãe pelas palavras de um filho!

Me,myself & I! disse...

Mesmo,Tânia!
Eu juro-te...nem lhe ralhei nem nada!
Eu nem sabia o que é que havia de fazer!

Imensidão dos dias disse...

Eu acredito que te tenhas sentido embaraçada, mas desculpa-me porque eu só de imaginar já me ri até às lágrimas :) O teu filho é fantástico :)

eutambemtenhoumblog disse...

Tens uma coisa para ti no meu blog =)

Beijos

Kristianna disse...

Ai meu deus!!!
heheheh
Imagino como te sentiste!!!

Ou melhor...nem imagino!!!
hehehmas tive que me rir!!!!
beijinho

Te disse...

Cheguei agora mesmo aqui, vim conhecer-te. Já li uns 4 ou 5 posts e em todos eles tive de sorrir. Acho que vou ler mais um bocadinho. E vou voltar.

Beijinho.

Me,myself & I! disse...

Muito obrigada,Te!
Sê muito bem-vinda!!
:)

Pirilampo M4gico disse...

Muito bom!!!

cristina claro disse...

Uiiiiiiii, q maquiavélico, sr. Gui!!! Shame on you!!!!!!!!!!!

meninaluaprimavera disse...

que mauzinho!
estou desejosa de ler os próximos 2!
bj

Salsa disse...

As crianças cobaseguem ser muito maleficás quando querem.
O meu pequeno terrorista diz sempre que não gosta de mim quando é contrariado.
Mas enfim as criança são mesmo assim.

Miss Murder disse...

O meu irmão quando era pequeno era infernal também... sei o que é isso.

Porque um dia me perdi... disse...

DEixa la ...a minha filha ja me fez exactamente a mesma coisa...Estavmos na fila para comprar farturas e ir para casa...ela queria beber. Disse que ja iamos para casa e nao havia necessidade de estar a comprar agua ali ao triplo do preço e ela começou a queixar-se para as pessoas da fila ouvir. Disse que estava morrer de sede...e que so queria uma pinguinha de agua ... Que já nao aguentava mais que ate ja lhe doi-a a garganta :)....Por isso nao te sintas só nesta aventura. Beijo

Close up! disse...

Absolutamente espectacular!
Um dia, irá certamente haver um filme baseado nas tropelias dele...

mfc disse...

Ehehehehehe... e saíste na paragem seguinte, não??!!

Néua disse...

:O Isso dá direito a suores frios durante uns bons anos acredito :P

Me,myself & I! disse...

Foi bastante traumatizante!
:)
Ele nesse dia estava diabólico,Néua!

Carla disse...

Que sociopata tão fofinho! A quem é que ele sai assim? :)

Quadrada disse...

AHAHAHAHAHAH Aaaaaiii não aguento, o Gui dá cabo de mim!!! Loool

cláudia disse...

O meu irmão fez algo parecido à minha mãe quando tinha uns seis anos. Todos os dias lhe pedia porcarias no supermercado. E em plena caixa pôs-se a fazer fita porque as bolachas de chocolate não chegavam e queria mais uma porcaria qualquer. Ao que ela lhe diz que não e ele responde: "Pois!, mas se fosse para o vinho já levavas!!" Escusado será dizer que a minha mãe bebe apenas e só um copo de vinho ao jantar de vez em quando.

Me,myself & I! disse...

Eh,eh!
Coitada da tua mãe,Cláudia!
Imagino a vergonha!!

Owleyes disse...

Imagina mesmo. Ele já tem 18 anos e o episódio ainda é mítico cá em casa ;)

Me,myself & I! disse...

Eh,eh,eh!