segunda-feira, 8 de agosto de 2011

A todos os emigrantes que me lêem...

... vinde devagar abraçar Portugal!


E por favor, não venham no "carro da maldade" (WTF?),pois estais sujeitos a morrerem juntamente com  a vossa família toda!

Para os verdadeiros fãs deste grande cromo cant(aut)or, aqui fica o raio da letra deste mega-hit mundial:
"Imigrante vem devagar por favor, 
temos muito tempo para lá chegar 
e depois, lá diz o velho ditado: 
Mais vale um minuto na vida, 
do que a vida num minuto." 
 Passou-se no mês de Agosto, 
este drama tão cruel 
de um imigrante infeliz 
Foi tanta a pouca sorte, 
na estrada encontrou a morte 
quando vinha ao seu país 
Do trabalho veio a casa, 
preparou a sua mala 
e partia da Alemanha 
Mas seu destino afinal 
acabou por ser fatal 
numa estrada em Espanha 
Dizem aqueles que viram 
que ele ia tão apressado 
a grande velocidade 
Foi o sono que lhe deu 
o controlo ele perdeu 
desse carro de maldade 

 Foi o sono que lhe deu 
o controlo ele perdeu 
desse carro de maldade 
 Trazia na sua mente 
ir ver o seu pai doente 
que estava no hospital 
Na ideia um só pensar 
o seu paizinho beijar 
ao chegar a Portugal 
Mas tudo foi de repente 
partiu de Benavente 
o drama aconteceu 
Ele vinha tão cansado 
de tanto já ter rolado 
e então adormeceu 
Nada podendo fazer 
num camião foi bater 
e deu-se o choque frontal 
Seu carro se esmagou 
e desfeito ele ficou 
num acidente mortal 
 Seu carro se esmagou 
e desfeito ele ficou 
num acidente mortal 
 Ele não vinha sozinho 
trazia também consigo 
sua mulher e filhinho 

Sem dar conta de nada 
e naquela madrugada 
morrem os três no caminho 
Quando a notícia chegou 
no hospital alguém contou 
o desastre que aconteceu 
Seu pai que tanto sofria 
nunca mais o filho via 
fechou os olhos morreu 

Imigrantes oiçam bem 
não vale a pena correr 
porque pode ser fatal 
Venham todos devagar 
há tempo para cá chegar 
e abraçar Portugal 
 Venham todos devagar 
há tempo para cá chegar 
e abraçar Portugal"



Leram,leram?
Agora todos a cantar em uníssono!

13 comentários:

Filipa Arez disse...

adoro tantoooooooo!!! lool

Close up! disse...

Até vou ter pesadelos hoje...

Bomboca do Amor disse...

Que medo, que horror!
Beijinhos,
Bomboca do Amor.

Percursos disse...

Mas o que 'e isto?!?!!? Ser'a que a crise j'a chegou 'a m'usica? Caramba que susto. Ass. A Emigranta (Percursos)

Salsa disse...

tas inspirada estas!
com um pouco de sorte amanha ao saíres de casa tens uma seita deles a porta de tua casa a espera para te acertar o passo.
somos um povo estranho mas existe bem pior que nos por ai.

Me,myself & I! disse...

E eu estou a gozar os emigrantes?
Esses fazem pela vida!
Estou é a gozar a letra da música!

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

De ir às lágrimas!

mfc disse...

Bem... até me engasguei...!!
Quando vi o título até pensei em escrever que seria um bom conselho que podia evitar muitas tristezas!!

Mas esta letra é delirante...

cristina claro disse...

Q tristeza de música/letra...Sem comentários...Isto vende? F***-**!!!!

Ana FVP disse...

Eu sou emigrante, mas não vou num carro da maldade, vou num avião da maldade ;)

Euphoria* disse...

Oh meu deus que drama de música!!!
Mas infelizmente é verdade o que a letra conta. São tantos os que saiem logo para Portugal depois de um dia inteiro de trabalho. E que fazem o caminho sem parar e sem se revezarem com outro condutor. Infelizmente estão realmente sujeitos a muita coisa pelo caminho. Vão cegos com a vontade de ver a família.
Por isso e apesar de não gostar deste tipo de música, espero que os nossos emigrantes tenham cuidado no caminho, que parem no caminho para descansar e que se possível, troquem de condutor várias vezes. E não levem a mala do carro tão cheia, que nem vejam para trás.
Um bjinho a todos e que façam todos uma caminho seguro para "casa".

Kella disse...

Credo!

Alexandra disse...

Acho que se os emigrante viessem a ouvir esta música no carro, de certeza não adormeciam.... Podiam era chegar assim maluquinhos e irem direito ao manicómio, mas isso era o menos :D