quarta-feira, 6 de abril de 2011

Traumas de infância...

Contei ao Gui um episódio constrangedor de quando eu era pequenina como ele e o que é que o miúdo faz?
Desata-se a rir!
Descaradamente!
Tanto,tanto,tanto que me arrependi imediatamente de ter aberto a boca...
Depois,apercebendo-se da minha grande humilhação disse-me,numa tentativa vã de me tentar consolar:
-Deixa lá peluchinha...
És naba mas eu gosto de ti na mesma!

É para isto que servem os filhos,senhores!!

6 comentários:

Ana disse...

Ahahaha! Pensa que, por muito tonta que tenha sido a experiência na infância, mesmo depois de lhe contares continuas a ser a heroína dele. Só mostras que és humana, que sabes o que é ter a idade e o tamanho dele, e que é importante rirmos de nós. Nem que seja anos e anos mais tarde :)

Nada de arrependimentos e humilhações. Esse queixo bem erguido!

Mami ( Sónia ) disse...

Que fofo!!!!

mfc disse...

E não foi querido?!
Olha que foi...!

Lulu disse...

"és naba mas eu gosto de ti na mesma" Adorei... são pequenas provas de afecto*


http://fashionviktima.blogspot.com/

Pipa disse...

Lol!!!
És uma naba querida!!!

cristina claro disse...

LOL!!!!!!!!!!!!!!!P ele foi uma prova q deste, de q és humana e atreita a erros, como o mais comum dos mortais e se ele se riu, tanto melhor!!!!!!!

P ele compeender q os pequeninos tb erram, e aprendem c os seus erros!!!!

Gooooooooooooo Gui!!!!!!!!!!!!!