quinta-feira, 20 de outubro de 2011

As maiores vergonhas da minha vida, parte II

Este episódio podia ficar ex-aqueo com o anterior, pois foi igualmente mau,tão mau que nunca mais o Gui saiu sozinho com o pai,mas como não se passou comigo, mas sim com o Presidiário, o meu incidente mereceu destaque!
Toda a gente já sabe da "panca" que o Gui tem por narizes,certo?
De vez em quando dá-lhe para apertar,beliscar,e outras coisas que tais...tenham isso em mente.
Um dia,há três ou quatro anos atrás, era o meu jovem criminoso apenas um imberbe bebé,o Presidiário levou-o a passear.Foram ao cinema,foram comer fora,andaram a tirar fotografias,foram ao Toys 'R' Us comprar um elefante gigante,um programa em cheio!
A determinada altura o Gui começou a ficar com sono e pediu colo,coisa que o pai acedeu prontamente.
Andaram um bocado quando de repente,o pequenitates afinfa-lhe com os dentes na sua parte da anatomia preferida e não o larga!
O Pedro ainda agora conta que sentiu cá uma dor, que parecia que tinha ficado sem nariz e deu-lhe uma palmada,pois claro.
O puto,pouco habituado a represálias ficou todo sentido e o pai,ainda todo dorido,disse que já não o levantava mais e dirigiu-se para o metro.
Como estava muita gente na fila,pois era fim do mês,andava tudo na renovação dos passes e a confusão era enorme o Pedro,como bom pai, pegou nele ao colo,para o confortar.
O Gui,perito em retaliar começou logo a falar alto:
-Ai agora já gostas de mim?
Só por te dar beijinhos no nariz levei uma grande coça...
Põe-me no chão,que tu és mau!
Volto a repetir que a estação estava CHEIA de gente.
O Pedro diz que só lhe pediu para se calar senão levava outra palmada,mas o histérico continuou:
-Por favor não me batas mais...
Estás sempre a bater-me!
Eu sofro tanto!
Sou um desgraçado!
(Esta do desgraçado ainda hoje é mítica cá em casa!)
O Pedro aqui já estava a agradecer aos deuses não haver segurança por ali, porque não tinha trazido os documentos e já se estava a imaginar numa esquadra da polícia...
-Laaaaaaaaaaarga-me!Tu não és meu pai!
Deixa-me ir para o chão!
Largue-me senhor,por favor!
Aqui o Pedro enervou-se,colocou-o no chão e disse que de castigo ia a pé para casa.
E diz o Gui aos gritos:
-A pé?Eu nem consigo andar!Estou cheio de pisaduras!!

14 comentários:

Dream disse...

nao acredito :O
q peste, esse Gui. q incidentes, realmente.
beijinhos e boa sorte ahaha x)

Julie D´aiglemont disse...

AhAhAhAh! Criança inteligente e maquiavélica! Adorava ter um filho assim.

Turista disse...

Ai, este teu Gui, começou cedo!!
Que será de vós daqui a meia-dúzia de anos? Já vos estou a ver, a assistir a stand-up comedy, na primeira fila! ;)

eutambemtenhoumblog disse...

LOOL ai meu deus... sempre ouvi dizer que me pequenino se torce o pepino mas assim tannnto! :P

Imagino mesmo a "vergonha" lol

Me,myself & I! disse...

Tive tanta pena do Pedro,quando me contou!
Graças a Deus que nunca mais fez nada remotamente parecido...mas era um peste do pior...

Bomboca do Amor disse...

Pensando melhor, eu quero um Gui na versão fofinha.
As crianças conseguem mesmo ser verdadeiros diabinhos. ;-)
Ai senhores, o que me espera?!
Beijinhos,
Bomboca do Amor.

mfc disse...

Olha que ele...!!!
Mas que topete!!

Rafeiro Perfumado disse...

Esse puto merecia ficar sem semanada até ao dia em que entrasse para o Lar de Terceira Idade! :D

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Hehehe.. é uma emoção ter filhos!! :)

cristina claro disse...

LOL, Gui, seu reguila, olha os cabelos brancos q os teus pais vão ter hiper precocemente se não refreias a tua panca "nasal" !!!!!!!!

És dose, miúdo!!!!!! Olha q o meu nariz é feio(é torto,nc percebi pq) , mas não é p ser mordiscado ou whathever o q gostas de fazer!!!!!!!

Myann disse...

Ri-me tanto mas tanto... Mas coitadito do pai...

Dama das Camélias disse...

Epá tu ainda achas que eu ia adorar ter um menino??!
O teu filho é o máximo e farto-me de rir com as peripécias dele... mas imagino isso a acontecer comigo, e deixa logo de ter piada! Coitado do teu marido... AHAHHAHAHHH
Se fosse com o jeitoso, nem imagino, acho que nunca mais levava o filho à rua.

Beijocas

Beu, a Ruiva. disse...

Aqui em casa habita uma "ave dessa espécie", só que a minha já tem 12 anos. Mas sempre foi assim.
Um dia aos gritos disse que ia fazer queixa à policia que sofria de maus tratos fisicos e psicológicos em casa, isto porque (na altura com 8 anos) queria sair com as amigas porque dizia que era uma adulta pequena.
Ai socorro os miúdos deixam-nos loucos !

p.s. gostei do seu blog. Vou voltar :)

Está convidada a conhecer o meu cantinho. Fico à sua espera.

http://bolinhoscomohobbie.blogspot.com/

Marisa disse...

Só agora li este post, mas tenho que admitir que o teu filho é qualquer coisa de fenomenal.... tão pequenino e tão sabido.... Muito bem... espero que o meu não se torne tão sabido tão cedo :)