quarta-feira, 16 de março de 2011

Me,myself & I!

Nunca fui convencional...sempre tive a noção que mais valia assumir a minha própria originalidade do que seguir as massas.
Sempre quis seguir a minha própria intuição e correr atrás do que valia a pena:
Enquanto as outras miúdas iam para o intervalo eu ficava a ler livros.
Enquanto as outras miúdas falavam nas aulas eu prestava atenção.
Enquanto as outras miúdas iam para as discotecas eu ia ao cinema.
Enquanto as outras miúdas iam namorar eu ficava a ver os filmes da sic.
Enquanto as outras miúdas coleccionavam cd's,eu coleccionava barbies.
Enquanto as outras miúdas se preocupavam com as espinhas eu preocupava-me com a saúde dos meus bisavós.
Enquanto as outras miúdas desfilavam com roupa de marca eu cosia a minha.
Enquanto as outras miúdas experimentavam maquilhagem eu "experimentava" empregos.
Enquanto as outras miúdas se atiravam descaradamente...eu flirtava discretamente.
Enquanto as outras miúdas iam à praia eu ia a instituições de sem-abrigos.
Enquanto as outras miúdas comiam fora eu agradecia a Deus a minha merenda.
Enquanto as outras miúdas exigiam eu tinha tudo sem pedir...
Não fez de mim nem melhor nem pior,mas transformou-me na pessoa que sou hoje:
Dou valor à família,à saúde,à comida na mesa e nunca gasto mais do que tem que ser porque hoje tenho...mas amanhã poderei já não ter!

13 comentários:

BlueBlood disse...

:)

Eu também sou um bocado desligada de "modas em massa" da minha geração.

Enquanto elas estão no Facebook a cuscar a vida alheia, eu jogo online jogos de estratégia.

Enquanto elas saem à noite, eu vejo um filme no pc.
Quando saio, enquanto elas bebem, eu trago o carro para casa.

[E outras que vi que escreveste e por isso não vou repetir!]

Enquanto elas se maquilham, eu durmo mais um bocadinho, não uso nada disso :P

Me,myself & I! disse...

Também não "pesco" nada de maquilhagem!!
Shame on us!
(Ou se calhar não...)
:)

Sofia disse...

cds e não cd's ;)

Me,myself & I! disse...

Só comentas para me corrigir,Sofia?

Marcia_Oliveira disse...

E ainda bem que és assim. :) Acredita! Existem poucas pessoas que conhecem esses valores sequer.

Um beijinho *

cristina claro disse...

Como eu costumo dizer, quem tem muito acha que dar aos outros é desperdício...E que vão trabalhar e blablabla...Mas quem vive mais apertado e que o seu ordenado tem de ser extremamente esticado para dar para o mês todo, consegue dar sem estar a "chorar" o que deu...

Eu não sou rica, mas tb não tenho a corda na garganta, consigo dar um pouquinho, às vezes tirando daqui e dali, mas não fico mais pobre por isso...

Mas o que me dói, é ver que certa gente que ajudamos (geralmente familiares) que ainda reclamam pq acham que podíamos ter dado mais!!!!!!!! e inclusivé dão bitaites sobre aquilo que podíamos dar-lhes!!!!!!! Ora, que p**ta de lata!!!!!!!!!!!


Quem dá hoje, receberá num futuro próximo, a recompensa desse gesto altruísta!!!!!!!!!!


Goooooooooo, Di!!!!!!!!!! <3 <3 <3

Sofia disse...

Não era só para corrigir, também deixei o smile :P
Entendo bem o que é ser uma "miúda" como tu ;)

Anónimo disse...

"Enquanto as outras miúdas iam para as discotecas eu ia ao cinema.
Enquanto as outras miúdas iam namorar eu ficava a ver os filmes da sic. (...)
Enquanto as outras miúdas se atiravam descaradamente...eu flirtava discretamente."

Ah, foi por isso que engravidaste aos 16 anos então.

Me,myself & I! disse...

Olha que anónimo tão engraçado,que até lhe dá para fazer as contas e tudo!
Flirtar discretamente por algum acaso quer dizer ausência total de namoricos?
Eu por disse que era alguma santa?
Engravidei,sim senhora!
Quase,quase nos 17...
E sabe a melhor?
Não me arrependo nada!

Me,myself & I! disse...

E já agora...ganha coragem para dares a cara...

cristina claro disse...

Apoiadíssimo!!!!!!!!!!!Anonimato= big cobardia...

Ana FVP disse...

São essas coisas que fazem uma Personalidade! Com "P" maiúsculo.

Me,myself & I! disse...

Já agora,Sofia,estava só a meter-me contigo!
:)